#ArquivoUJPD

Instagram photos and videos

#jazz#arquivoujpd#music#sp#jazzholic#ujpdarchive#brazilianjazz#ElisRegina#bruxo#hermetoegrupo#hermeto#musiclife#2015#multiinstrumentalist#umjazzpordia#Jazz#nofilter#jazzeveryday#diegosalesquarteto#gaita#gaitadiatonica#umasóemdó#diatonicharmonica#casadascaldeiras#instrumentalmusic#brazil#BrazilianJazz

Hashtags #ArquivoUJPD for Instagram

Em 1979, #ElisRegina participou da noite Brasileira do conceituado Festival de Jazz de Montreux, na Suíça. Subiu ao palco acompanhada por #CésarMariano (teclado e arranjos), #HélioDelmiro (guitarras), #Luizão (baixo), #PaulinhoBraga (bateria), #ChicoBatera (percussão). No livro “Furacão Elis”, de Regina Echeverria, há um trecho que descreve essa noite:
“Elis e os músicos entraram no palco excessivamente nervosos. Tinham visto na plateia celebridades como #ChickCorea e #RickWakeman. Tremeram. Quando a banda entrou no palco e começou aquecer para a entrada da Elis, mais nervosismo. Quando ela entrou fazendo um vocalzinho lá no fundo, a plateia delirou. Todo mundo de pé, aplaudindo. Elis se desconcertou. Chorava e suava. Passou metade do show mexendo no olho, incomodada com o rímel que escorria. Alguém via isso dos bastidores. O presidente da Warner, André Midani:
- Aquele show, como música, foi uma tragédia. E, como tragédia, foi uma grande tragédia grega. No meio do show assisti a uma menina suando, branca, que não podia nem ficar em pé. Peguei um copo d’água e estendi o braço. Ela pegou o copo tremendo, bebeu um pouquinho e seguiu cantando. E melhor, e melhor e apoteótico. No jantar, mais tarde, ela me disse: “Eu me lembrei que era filha de uma lavadeira. Como é que eu estava naquele palco?” (…)
Na volta de #Montreux, depois de um jantar, Elis pôs para tocar a fita de sua apresentação em Montreux. Queria minha opinião. Estava cantando mal? A fita era uma consagração. Palmas no meio das músicas. A voz estava trêmula, mas ela não cantava mal. Na verdade, anos depois, quando ouvi de novo a fita que a Warner tinha decidido não lançar, percebi falhas na interpretação e até cheguei a concordar com ela: não devia mesmo virar disco. O encontro de Elis com Hermeto Pascoal em Montreaux foi uma batalha, um insano duelo musical. Elis parecia querer desafiá-lo e mostrar mais e mais. Hermeto parecia querer domá-la no piano”.
#HermetoPascoal #BrazilianJazz #Umjazzpordia #ArquivoUJPD #jazz #bossanova #MontreuxJazzFestival


5

The end of the page