#ViradaComunicacao

Instagram photos and videos

#viradacomunicacao#redejornalistasdasperiferias#grajau#conhecimento#periferia#ideias#poesia#culturapopular#govegan#vegano#educaco#educacaopopular#comunicacaoperiferica#lambespoeticos#perifatividade#sesc#midiaalterntiva#educacaoparaliberdade#imargem#sescsjc#sescsaojosedoscampos#sescsp#lambelambe#reporterdaperiferia

Hashtags #ViradaComunicacao for Instagram

_Um registro com a Dona Maria Vilani mulher forte suas idéias e falas foram essenciais para abrir ainda mais nossas mentes!! Obrigado.

#viradacomunicacao #ideias #grajau #arte #periferia #poesia #conhecimento

Centro Cultural Graja√ļ
3

_Unidos pela comunicação!! Eu e a @lilith_ta_78 participando da Virada Comunicação, um dia muito bom de muitas conversas, idéias e conhecimento**
#viradacomunicacao #grajau #comunica #periferia #ideias #conhecimento

Centro Cultural Graja√ļ
2

s√≥ de mulheres foda. mediar essa mesa na Virada Comunica√ß√£o foi um grande desafio e um aprendizado. Maria Lucia Bellenzani, Maria Alves e Helena Silvestre, falando sobre moradia e meio ambiente, muitas reflex√Ķes e caminhos. #viradacomunicacao #redejornalistasdasperiferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

.
Meu olhar
Minha divers√£o
O melhor encontro no caminho
O full frame da minha c√Ęmera fotogr√°fica
.
Reticências...
.
#tbt #viradacomunicacao
#falapreta #grajauex

Centro Cultural Graja√ļ
7

SINERGIAS ENTRE EDUCAÇÃO E CULTURA "Existe uma complicação nessa abordagem da cultura como, simplesmente, entretenimento", puxou Alexandre Barbosa, morador de Cidade Ademar e professor da Unifesp. "Essa lógica elimina a dimensão do direito à cultura, tira toda a funcão política do fazer cultural, de reflexão crítica sobre o que se produz e consome", refletiu.

A professora Solange Amorim, da Emef Dr. Sócrates Brasileiro, concorda e vai além: traz pra roda a escola como um dos agentes que, justamente, alimenta o distanciamento entre a educação e a cultura. "Da forma como está organizada hoje, a estrutura que temos nas mãos nos deixa distantes dos saberes locais, das memórias do bairro. O que a gente produz de conhecimento não reconhece ou valoriza a cultura local como deveria", explica Solange.

Na costura de tudo, Ana Fonseca do Coletivo Perifatividade buscou uma reflex√£o que, primeiramente, nos fizesse observar que sistematicamente os meios de comunica√ß√£o tem educado a n√≥s e ao mundo. "√Č todo dia, a todo momento. Todos os programas, nos mais pequenos detalhes, est√£o contando uma hist√≥ria. E essa historia tem valores de mundo. A educa√ß√£o acontece ali, acontece o tempo todo e precisamos saber disso". Para a educadora, al√©m da periocididade, diaria no caso dos jornais, existe o agravante do alcance. "Uma televis√£o fala com muita gente", finaliza.

Rolando agora na Virada Comunicação 2017, com texto de Tony Marlon e foto de Semayat Oliveira.

#ViradaComunicacao
#RedeJornalistasDasPeriferias

Graja√ļ
0

aquela pausa pra dizer que tem mulheres que inspiram nessa vida. tem Suzi e tem Vilani. #viradacomunicacao #redejornalistasdasperiferias

Centro Cultural Graja√ļ
1

Queremos agradecer a #ViradaComunicacao pelo evento maravilhoso e pela oportunidade de permitir a nossa transmiss√£o ao de algumas mesas e o show final! Luz


0

esqueci de dizer que a gente curte beber mesmo com dor no corpo. #viradacomunicacao #redejornalistasdasperiferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

Palestra de Educomunicacão e Direito á Comunicação com Aline Rodrigues Periferia em Movimento Mariana Pita Coletivo Intervozes e Ronaldo Matos Coletivo Desenrola e Não me Enrole! Palestra Como o território são afetados pela concentração? Como isso colabora com a segregação?Como a Educomunicacão e o Direito á Comunicação se relacionam?
#viradacomunicacao
#viradacomunicacao2017
#desenrolaen√£omeenrola
#capaonews
#intervozes
#periferiaemmovimento
#familiatdh
#somnapraca

Centro Cultural Graja√ļ
1

Essa √© uma √≥tima √©poca pra se estar vivo. Eu estou bem. T√ī na luta. Estou com os meus.
#viradacomunicacao

Extremo Sul - SP
0

Para finalizar a Virada, Veja Luz. Só positividade #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

ACABOU! Histórico, e ainda teve encerramento com @vejaluzoficial. CARALHO. universo, manda mais que tá pouco. seguimos resistindo! #redejornalistasdasperiferias #viradacomunicacao #vejaluz

Centro Cultural Graja√ļ
0

Finalizando a #ViradaComunicacao linda mente com a @vejaluzoficial estamos ao vivo escute compartilhe www.radiomixtura.com.br

Centro Cultural Graja√ļ
0

Virada comunicação
Banda Veja Luz
#viradacomunicacao


0

"Precisamos usar o conhecimento que s√≥ quem nasce na periferia possui. √Č preciso exercer esse protagonismo para sobreviver" - Gustavo Soares

Mesa de encerramento: como viabilizar a comunicação alternativa e de periferia ?

Para debater essa questão, jornalistas de peso: Juca Guimarães (R7), Gisele Alexandre (Capão News) e Gustavo Soares (Periferia Invisível). #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

Na quebrada ou na universidade, o que a Unesp uniu ningu√©m separa ūüĎä #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias #UnespBauru

Centro Cultural Graja√ļ
1

Estamos no ar! #ViradaComunicacao mesa
Comunicação e como viver dela www.radiomixtura.com.br
Painel de Encerramento: 
Participantes: Juca Guimarães (R7), Gisele Alexandre (Capão News) e Gustavo Soares (Periferia Invisível). Mediação: Simone Freire e Ronaldo Matos


0

Visibilidade e ativismo das quest√Ķes de g√™nero. "O outro lado que tem que ouvir, porque a gente sabe o que a gente sofre, todos os dias." - Fernanda Gomes, do Coletivo Fala Guerreira, sobre popula√ß√£o l√©sbica. "Falar de masculinidade √© tirar o conforto dos privilegiados, especialmente do homem branco" - Rafael Cristiano, do N√ļcleo Pele. "Trazer a discuss√£o da Transsexualidade para a periferia √© fazer com que as e os trans existam em qualquer lugar e n√£o s√≥ no centro" - Bruno C√©sar, do Periferia Trans.

Mesa Quest√Ķes de g√™nero e sexualidade: influ√™ncia do feminismo, masculino e na popula√ß√£o LGBT #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

Estamos no ar! #ViradaComunicacao mesa
Quest√Ķes de g√™nero e sexualidade - Influ√™ncia no feminino, no masculino e na popula√ß√£o LGBT www.radiomixtura.com.br
Participantes:¬†Bruno C√©sar (Periferia Trans), Fernanda Gomes,¬†Jennyfer Nascimento (coletiva Fala Guerreira)¬†e Rafael Cristiano (N√ļcleo Pele)
Meidação: Myara Penina
Existe um machismo perif√©rico? Como a comunica√ß√£o se relaciona com essa quest√£o? Em um contexto onde a discuss√£o ganhou mais for√ßa e visibilidade, e ativistas e movimentos conquistaram algumas das muitas disputas relacionadas √† igualdade de g√™nero, √© poss√≠vel pensar em um recorte de territ√≥rio? Apesar de alguns avan√ßos, dados apontam para condi√ß√Ķes ainda alarmantes. Mulheres negras s√£o, na base da pir√Ęmide, as que recebem os menores sal√°rios, 40% menos que homens brancos. E s√£o, nos bairros perif√©ricos, as respons√°veis pela maioria dos lares; das fam√≠lias que habitam domic√≠lios urbanos em favelas, 26% s√£o liderados por elas. Mulheres negras s√£o tamb√©m as principais v√≠timas de viol√™ncia dom√©stica e feminic√≠dio. E Parelheiros, Perus e Itaim Paulista s√£o os distritos com mais altos √≠ndices de casos na cidade de S√£o Paulo. No Brasil, a cada 25 horas uma pessoa LGBT √© morta. Segundo o Censo 2010, a maioria dos casais homossexuais vivem nos distritos perif√©ricos, sendo a Brasil√Ęndia, na zona norte, o local onde residem mais casais, seguido de Cidade Ademar e Cidade Tiradentes. Como se d√° as rela√ß√Ķes familiares e constru√ß√Ķes de identidade nesses espa√ßos? Os jovens negros e perif√©ricos s√£o as principais v√≠timas de mortes violentas na cidade, sobretudo por policiais. Qual a postura esperada pelos homens na periferia? Quais s√£o as perspectivas e alternativas para eles? Discutir as quest√Ķes de g√™nero com um recorte de territ√≥rio se faz importante para entender as din√Ęmicas sociais em que vivemos. Para isso, a comunica√ß√£o precisa ser uma aliada na constru√ß√£o de rela√ß√Ķes pessoais, sociais, profissionais, econ√īmicas mais justas e igualit√°rias, contemplando a diversidade e o respeito a todas as formas de exist√™ncia humana.

Centro Cultural Graja√ļ
0

Genocídio tem CEP, raça e classe social. Atinge a população preta, pobre e periférica. Qual o papel do comunicador : reforçar esteriótipos ou combatê-los? Deixo essa reflexão estendida para todos profissionais e grupos sociais: o que você está fazendo para combater o preconceito nosso de cada dia?

Mesa Genoc√≠dio e Seguran√ßa P√ļblica, com Francilene Gomes (Movimento M√£es de Maio), Nath√°lia Oliveira (Iniciativa Negra por uma Nova Pol√≠tica de Drogas) e Kaique Dalapola (Ponte Jornalismo). Media√ß√£o de Pedro Borges (Alma Preta). #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

Estamos no ar! #ViradaComunicacao mesa
Cultura e Educação https://www.radiomixtura.com.br
Participantes:¬†Alexandre Barbosa Pereira ( Doutor em Antropologia Social pela USP), Ana Fonseca (coletivo Perifatividade ‚Äď Fund√£o do Ipiranga) e Solange (EMEF S√≥crates Brasileiro ‚Äď Campo Limpo). Media√ß√£o: Gisele Alexandre (coletivo @Cap√£o News)

Cultura e Educa√ß√£o s√£o direitos garantidos pela Constitui√ß√£o Brasileira. √Č dever do Estado promover o acesso e incentivar o exerc√≠cio pleno desse direito. Ser√°? O sucateamento das escolas, a falta de vagas e as p√©ssimas condi√ß√Ķes de trabalho dos professores da rede p√ļblica de ensino ainda fazem parte da realidade das periferias. Na contram√£o desse sistema falido, algumas escolas e profissionais de educa√ß√£o criam estrat√©gias para romper a bolha, aplicando metodologias que fogem √† regra para levar conhecimento aos moradores que est√£o √†s margens. Na mesma dire√ß√£o, a Cultura produzida de forma aut√īnoma pelos coletivos perif√©ricos estimula o protagonismo local, empodera as comunidades e constr√≥i alternativas criativas que estimulam a vis√£o permitindo que novas perspectivas sejam criadas. Como a comunica√ß√£o perif√©rica pode contribuir e potencializar esses novos movimentos que muitas vezes ficam ilhados dentro de seus territ√≥rios e deixam de serem partilhados pela m√≠dia convencional?


0

Já estamos na área! Vamos transmitir ao vivo a #ViradaComunicacao tema Educação e Cultura www.radiomixtura.com.br

Centro Cultural Graja√ļ
0

Baião de dois vegano, na Virada Comunicação. Custou 5 marginais, dinheiro do autogestionado Banco da Margem. Economia solidária arrasadora! <3
#govegan #vegano #viradacomunicacao

Centro Cultural Graja√ļ
0

E hoje a agenda perifativa t√° a milh√£o!!!
Em São José dos Campos, estaremos realizando a primeira das oficinas de lambe poético "A Palavra que Ocupa", no #sescsaojosedoscampos
J√° no Espa√ßo Cultural Graja√ļ, a perifativa @anarodfonseca participa da #viradacomunicacao, realizada pela @redejornalistasdas na mesa sobre Comunica√ß√£o, Educa√ß√£o e Cultura!
Onde é mais perto para você? Só encostar gente!
#PERIFATIVIDADE #sesc #sescsp #sescsjc #lambelambe #lambespoeticos #redejornalistasdasperiferias #midiaalterntiva #comunicacaoperiferica #educaco #educacaoparaliberdade #educacaopopular #culturapopular


0

Sim, a comunicação que a gente acredita está nas mãos desse pequeno fazendo a cobertura da #viradacomunicacao. Nós por nós #reporterdaperiferia #rededejornalistasdasperiferias

Centro Cultural Graja√ļ
0

J√° t√° rolando a #viradacomunicacao no Graja√ļ ‚̧ԳŹ Acompanhe as mesas ao vivo pela p√°gina da Rede de Jornalistas das Periferias no Facebook.

Centro Cultural Graja√ļ
0

Jornalismo não tem cor, classe, gênero...e idade (ou pelo menos não deveria ter). Quebrar as barreiras é preciso.
Mesa de abertura: Not√≠cia com CEP, com Binho (Sarau do Binho) e Maria Vilani (Centro de Arte e Promo√ß√£o Social Graja√ļ). Media√ß√£o de Gisele Brito (Rede Jornalistas das Periferias) e Tony Marlon (coletivo Historiorama). #ViradaComunicacao #RedeJornalistasDasPeriferias

Centro Cultural Graja√ļ
2